Novo gerente-geral da Petrobras na Bacia de Santos se apresenta a diretores da Associação Comercial de Santos

João Ricardo Barusso Lafraia assume o lugar do engenheiro José Osvaldo Kawakami na petroleira

Fonte: Assessoria de imprensa ACS

O novo gerente geral da Unidade de Operações de Exploração e Produção da Petrobras na Bacia de Santos (UO-BS), João Ricardo Barusso Lafraia, se apresentou nesta quinta-feira (9), acompanhado de seu antecessor, José Osvaldo Kawakami, a diretores da Associação Comercial de Santos (ACS). Ele foi recebido pelo vice-presidente da Casa e coordenador da Câmara Setorial de Petróleo e Gás, Vicente do Valle, pelo vice-coordenador da Câmara, Gustavo Pierotti, e pelo diretor-executivo, Marcio Calves.

A cordial visita ocorreu para que Lafraia pudesse se apresentar à diretoria da ACS. Na ocasião, ele foi colocado a par de todas as ações que têm sido realizadas por meio da Câmara de Petróleo e Gás, como o seminário Implantação de Base Offshore como Alavanca do Desenvolvimento Regional, ocorrido em março deste ano e que contou com a presença do então presidente da Petrobras na época, Pedro Parente.

Vicente do Valle explicou que, assim como o objetivo do evento, o grande pleito da Câmara Setorial é que seja criada uma base offshore na Baixada Santista.

“Para isso, contratamos a empresa Geobrasilis, que realizou um estudo para demonstrar as oportunidades de Santos e região e a importância da retomada dos grandes projetos na área de Petróleo e Gás. Esse estudo foi apresentado durante o seminário. Nossa ideia é que essa base seja construída pela iniciativa privada”.

Segundo Do Valle, o próximo passo da Câmara será criar, em parceria com o Sebrae, um cadastro regional de empresas interessadas em fornecer produtos e serviços para plataformas da Petrobras.

O objetivo é que essa lista seja repassada ao Instituto Brasileiro de Petróleo, Gás e Biocombustíveis (IBP) e à Associação Brasileira das Empresas de Serviços de Petróleo (Abespetro), para que as instituições tenham um panorama regional sobre essas empresas.

Diante dessa informação, João Ricardo Barusso Lafraia acrescentou que hoje, no Brasil, de 5 a 10 por cento do PIB são investidos em manutenção, fala que ratifica a importância em se criar na Baixada Santista uma base offshore, que seria uma fonte de emprego principalmente para esse tipo de segmento.

“Isso representa mais de R$ 300 bilhões de reais só em atividades de manutenção em geral”.

Após a reunião, os visitantes fizeram um tour pelo prédio da ACS e conheceram as novas instalações da Casa, que foi amplamente modernizada e entregue em maio, como o novo auditório, a Sala de Classificação e Degustação de Café e o salão para emissão do Certificado de Origem.

 

 

 

 

                                       





Rua XV de Novembro, 137 - Centro Histórico, Santos / SP - CEP: 11010-151
E-mail: acs@acs.org.br - Telefone: (13) 3212-8200 - Fax: (13) 3212-8201

desenvolvido por marcasite