15/06/2011

Santistas aguardam em Cumbica pela liberação de voos para o Uruguai

Torcedores esperavam para viajar para assistir à final da Libertadores.
Time da Vila Belmiro chegou a Montevidéu na manhã de terça.

Do G1 SP

Dezenas de torcedores do Santos aguardavam para embarcar para Montevidéu, no Uruguai, desde a madrugada desta quarta-feira (15) no aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo. O time da Vila Belmiro joga às 21h50 (horário de Brasília) contra o Peñarol na primeira partida da final da Taça Libertadores da América.

“É desesperadora a situação. Não tem motivo certo [para o cancelamento]”, disse o torcedor Mário Dourado. Ele estava desde as 21h no terminal de Cumbica. Durante a madrugada, porém, seu voo para o Uruguai foi adiado mais de uma vez. A expectativa era que o avião partisse às 9h30. “Para ver o Santos vale a pena.”

O time conseguiu driblar a nuvem de cinzas do vulcão chileno Puyehue e chegou na manhã de terça (14) ao Uruguai. O cancelamento de voos para o país, no entanto, provocou uma explosão de raiva na torcida santista.

Alguns torcedores se exaltaram no guichê da companhia aérea Pluna. Um deles invadiu o local e agrediu o funcionário. Depois, os próprios integrantes da torcida começaram a discutir entre si. Houve empurra-empurra, e a polícia tentou separar. Depois, os ânimos se acalmaram e ninguém foi preso.

No fim de tarde de terça, quando a nuvem de cinzas do vulcão começou a perder a força, alguns voos começaram a ser retomados para o Uruguai e também para a Argentina.

Fonte: G1 - 15/6/2011
Voltar

Leia também

Deputada leva à ANS pleito da Associação Comercial de Santos, Diário do Litoral, 21/10/2021

Associação Comercial de Santos promove agenda de sustentabilidade no próximo dia 28

CAFÉ: Exportação dos Cafés do Brasil atinge 29,7 milhões de sacas no acumulado de nove meses

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site, de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.