23/03/2011

Multinacionais asiática e americana miram o Brasil

MAURÍCIO GODOI

São Paulo - O Brasil está no alvo da Delta, multinacional de Taiwan. A empresa negocia com a Prefeitura de Curitiba (PR) a expansão de suas atividades na fábrica que detém em São José dos Pinhais, região metropolitana da capital paranaense. A empresa, que atualmente fabrica fontes de fornecimento de energia para computadores e notebooks, quer trazer para o País todo o portfólio de produtos da companhia que inclui equipamentos de pequeno porte para carregamento de baterias a até mesmo aerogeradores e sistemas para geração de energia solar a equipamentos médicos. O orçamento ainda não está fechado em função das negociações, mas a meta é dobrar o faturamento anual, que em 2010 foi de US$ 80 milhões.

Segundo o CEO da Delta para a América do Sul, Hewton Seiji Hiroki, a companhia possui um plano de investimentos em nível mundial que alcança US$ 2 bilhões e dependendo do resultado da reunião com o governo municipal é que será definido o valor para o investimento no País.

A Cummins Power Generation, fornecedora de sistemas de geração de energia, espera que as suas vendas cresçam 20% em 2011 no Brasil , alicerçadas principalmente por produtos de alta potência para grandes empresas.

Fonte: DCI - 23/3/2011
Voltar

Leia também

Deputada leva à ANS pleito da Associação Comercial de Santos, Diário do Litoral, 21/10/2021

Associação Comercial de Santos promove agenda de sustentabilidade no próximo dia 28

CAFÉ: Exportação dos Cafés do Brasil atinge 29,7 milhões de sacas no acumulado de nove meses

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site, de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.