27/01/2011

Mesmo com chuva, turista tem diversão garantida em Santos – Sebrae – 27/1/2011

Publicado em:
Sebraesp.com.br, em 27/1/2011

Passeios pela orla de Santos ou pelo Museu do Peixe, de ônibus panorâmico, e a deliciosa gastronomia da Liga Gourmet são excelentes opções.

Quem passa férias ou finais de semana em Santos nos chuvosos meses de janeiro e fevereiro tem opções interessantes para curtir além do tradicional banho de praia. Há vários passeios que aliam lazer e gastronomia como alternativa àquele dia em que o sol não dá as caras.

"Sempre orientamos os empresários que procuram o Sebrae-SP a oferecer um diferencial, a encantar, e receber cada vez melhor os turistas e clientes usuais", diz o gerente da entidade na Baixada Santista, Paulo Sérgio Brito Franzosi.

A união do poder público com entidades como a Secretaria de Turismo, o Santos Convention Bureau e a iniciativa privada vem transformando a imagem de Santos de uma cidade com atrativos que vão além da praia. "Mesmo em dias de chuva a permanência do turista é garantida na cidade, por conta de um roteiro gastronômico criado pelos empresários, do crescimento do turismo receptivo, do turismo de navios, que cresceu, e do próprio trade de turismo, além de toda a política de estrutura de receptivo criada pela Prefeitura", afirma Marco Antonio Francisco, diretor do Departamento de Políticas e Produtos de Turismo da Prefeitura de Santos.

Uma boa pedida para os turistas é dar uma volta no ônibus de dois andares da Prefeitura, que percorre a praia, e a linha de ônibus Conheça Santos, que permite conhecer vários pontos da cidade, como o Centro Histórico, os Morros e a Zona da Noroeste. O ponto de partida é a Praça das Bandeiras, na praia do Gonzaga.

Há também outro ônibus panorâmico, oferecido pela iniciativa privada. Ele permite curtir o visual da orla de Santos e chegar até o Estádio Urbano Caldeira (Vila Belmiro), onde é possível visitar o Memorial das Conquistas do Santos Futebol Clube, ou o museu do Peixe, como é popularmente chamado. Esse passeio é realizado pela Central de Fretes e Receptivo, agência de transportes e turismo da cidade.

"Também levamos o turista a pontos como a Bolsa do Café e a Alfândega de Santos, o Panteão dos Andradas, todos no Centro Histórico, ao Museu de Arte Sacra, realizamos tour pelas igrejas e catedral e levamos grupos até mesmo ao Memorial, maior cemitério vertical do mundo", diz o diretor da empresa, José Luis Blanco Lorenzo, para quem inovar significa muito.

"O objetivo é não só recepcionar os turistas que desembarcam dos navios no Porto, mas todos aqueles que vieram visitar a cidade por um dia, ou aqueles que estão hospedados em Santos por mais tempo. "Oferecemos transporte de passageiros em carros, vans, e ônibus executivos, além de city tours que abrangem as cidades da Costa da Mata Atlântica, acompanhado de guia de turismo", finaliza o empresário que, há 10 anos, antes de começar a empresa, já frequentava os cursos do Sebrae-SP, o que fortaleceu seu espírito empreendedor.

Depois de visitar estes e outros pontos turísticos da cidade, os turistas são levados a conhecer a deliciosa gastronomia oferecida pelos restaurantes da Liga Gourmet, um grupo de empresários do setor que se uniu e que busca qualificar e expandir o setor a partir da cooperação entre empresas e que promove uma série de atrativos para a clientela. A culinária dos 17 integrantes do projeto é a mais diversa possível: italiana, portuguesa, japonesa, árabe, cozinha contemporânea, pizzaria, entre outras.

Atrás dos turistas, principalmente os que chegam de navio ao Porto de Santos, a Liga está firmando parceria com a operadora de turismo de José Luiz. "Em apenas uma semana costumam atracar em Santos 18 mil turistas. Queremos essas pessoas conhecendo nossa gastronomia", diz o diretor de marketing e comunicação da Liga, José Paiva.

As promoções conjuntas também estão fazendo toda a diferença para esses empresários. Em dezembro, por exemplo, uma cartela foi distribuída aos frequentadores. Cada restaurante colocava um selo e, ao completar a cartela, o cliente poderia voltar a uma das casas e escolher uma refeição gratuita. Para o próximo mês, a Liga prepara outras novidades para atrair a clientela. "A proposta da Liga é se tornar referência de empreendedorismo no segmento gastronômico", diz o analista do Sebrae-SP Diego Smorigo, que acompanhou desde o ano passado em parceria com a Associação Comercial de Santos o desenvolvimento do grupo. Hoje cerca de 100 mil pessoas freqüentam mensalmente os 17 restaurantes, pizzarias e bares da rede.

O Centro histórico de Santos hoje é um forte atrativo cultural, transformou-se em um roteiro turístico, diz Paiva, contando que costuma receber vários grupos no restaurante mesmo em dias de chuva. Especializado em gastronomia portuguesa, o Restaurante Quinta da XV, localizado no Centro Histórico de Santos, mantém a simplicidade das tradicionais tascas de Portugal. No estabelecimento, comandado pelo chef de cozinha José Paiva, natural da cidade do Porto, é possível apreciar deliciosos pratos elaborados com receitas originais da culinária lusitana.

"Nunca vi tanta gente quanto agora. Registramos neste mês um aumento de 15% a 20% da clientela no restaurante. Atribuo este sucesso ao conjunto de pessoas e iniciativas que integram a Liga Gourmet, à Secretaria do Turismo, ao nosso trabalho de divulgação e à criação de um programa de atividades culturais. No aniversário de Santos, por exemplo, programamos no restaurante apresentação das bordadeiras, para mostrar seu trabalho ao vivo, e duas atrações musicais". O Quinta da XV lançou para este verão uma caipirinha inédita no litoral. A Caipiroyal é feita de Vinho do Porto branco seco, gelo, açúcar e morango. Inspirada na caipirinha brasileira, a refrescante bebida vai bem com o famoso bolinho de bacalhau ou com a sardinha à escabeche.

Quem aprovou a ideia de conhecer a Santos além da praia foi o escritor peruano Óscar Limache, que visitou a cidade no final do ano. Depois de se encantar com o Museu do Santos, ele foi saborear a tradicional comida do português Quinta da XV, onde foi atendido pelo próprio proprietário, José Paiva. "Nunca imaginei que iria comer este tipo de comida em Santos, foi uma surpresa", contou o turista, dizendo-se encantado com a ideia de conhecer tanto a gastronomia portuguesa quanto o fado, cantado ao vivo no ambiente aconchegante da casa.

Para conhecer outros destinos interessantes em Santos e em outras cidades da Baixada Santista basta acessar o Catálogo do Circuito Turístico da Costa da Mata Atlântica (arquivo em PDF), que fornece informações sobre os municípios que integram a Costa da Mata Atlântica, denominação turística da Baixada Santista. A publicação foi uma iniciativa do Santos e Região Convention & Visitors Bureau em parceria com o Sebrae-SP.

Márcia Costa
Andreoli MS&L a serviço do Sebrae-SP

Fonte: Sebrae - 27/1/2011

Confira a reprodução da notícia
Voltar

Leia também

CAFÉ: Exportação dos Cafés do Brasil atinge 29,7 milhões de sacas no acumulado de nove meses

ECONOMIA: Selic deverá atingir 8,75% para controlar a inflação

PETRÓLEO E GÁS: Produção de petróleo e gás no pré-sal é recorde em setembro

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site, de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.