Clima e Previsão do Tempo
Santos, SP/

03/03/2011

Lula estreia na carreira de palestrante com discurso de exaltação ao seu governo

Ex-presidente falou durante 40 minutos em evento na capital paulista; profissionais da área estimam em R$ 200 mil o cachê pago

Daiene Cardoso, de O Estado de S. Paulo

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva estreou na noite desta quarta-feira, 2, na carreira de palestrante em evento promovido pela empresa coreana LG no Transamerica Expo Center, na capital paulista. Lula aproveitou a palestra paga para exaltar seus oito anos de governo - o valor pela participação não foi confirmado oficialmente, mas entre profissionais da área de eventos consta que o cachê teria sido de R$ 200 mil.

A palestra durou 40 minutos. A imprensa, no entanto, teve acesso a apenas 15 minutos do discurso que se transformou em balanço de governo. "Nos oito anos do meu governo, foram criados 15 milhões de vagas com carteira assinada", ressaltou Lula, a uma plateia de cerca de mil empresário do setor varejista. O ex-presidente leu a maior parte da sua apresentação e destacou a importância de o governo federal ter atuado para a redução das desigualdades sociais. De acordo com Lula, é preciso trabalhar para que o povo brasileiro "continue sendo governado por gente que pensa em todos, e não apenas em uma parte". "Vinte milhões de pessoas saíram da pobreza e outros 36 milhões entraram para a classe média. É mais gente trabalhando e consumindo", enfatizou.

Durante o balanço, Lula destacou que em sua gestão o Brasil enfrentou a "pior crise do capitalismo mundial". O ex-presidente lembrou o episódio em que sofreu críticas por classificar a crise financeira mundial de "marolinha".

"Quando veio a crise econômica de 2008, eu disse que ia ser uma marolinha e fui achincalhado porque estava menosprezando a crise", afirmou. "Quando chegou a crise, em 2008, já tínhamos lançado o Programa de Aceleração do Crescimento em 2007 e, portanto, já estávamos com um programa de desenvolvimento para o Brasil", lembrou.

Fonte: O Estado de S. Paulo - 2/3/2011
Voltar

Leia também

Denilson Fernandes, gerente geral de operações do sistema sudeste da VLI, 28/06/2022

Associação Comercial realiza evento em comemoração ao mês do profissional de RH, A Tribuna, 29/06/2022

ECONOMIA: Flexibilização na China destrava negócios

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site, de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.