Clima e Previsão do Tempo
Santos, SP/

15/03/2011

Empresários querem discussão comercial com Obama no Brasil

Fernanda Bompan

São Paulo - Os empresários brasileiros querem que o governo levante questões comerciais  durante a visita que o presidente norte-americano Barack Obama fará ao Brasil no próximo fim de semana. Para representantes de exportadores, o Brasil precisa aproveitar a oportunidade para colocar em pauta a abertura dos Estados Unidos para mais produtos brasileiros.

Para Roberto Segatto, presidente da Associação Brasileira de Comércio Exterior (Abracex), é a chance também de discutir um maior intercâmbio entre as duas economias. "Apesar das pendências comerciais, o governo deveria priorizar, no encontro, discussões sobre a vinda de empresas norte-americanas ao Brasil por meio de atrativos como a isenção de impostos e, assim, melhorar o padrão tecnológico do País". Dados mais recentes do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (Mdic) mostram que em janeiro deste ano, o saldo negativo da balança comercial quase dobrou se comparado ao mesmo mês de 2010, ao passar de US$ 316,560 milhões para US$ 630,992 milhões. Desde 2009, vários meses apresentam déficits no saldo da balança comercial entre Brasil e EUA.

Outro movimento que mostra a mudança de relação entre os dois países é o aumento no número de vistos de trabalho no Brasil para norte-americanos. Entre janeiro e setembro de 2010, foram 5.891 vistos concedidos pelo Ministério do Trabalho, número que já supera os 5.590 de todo o ano de 2009.

Fonte: DCI - 15/3/2011
Voltar

Leia também

Palestra gratuita em Santos orienta empresas sobre a Lei de Proteção de Dados, JORNAL DA ORLA, 29/11/2022

Previsão Oceanográfica

CAFÉ: De olho na demanda e na safra 23, café volta a cair em Nova York

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site, de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.