Clima e Previsão do Tempo
Santos, SP/

09/01/2012

Crescem acidentes a caminho do trabalho

DE SÃO PAULO

A despesa da Previdência com os chamados acidentes de trajeto --aqueles sofridos a caminho do emprego ou na volta para casa, depois do expediente-- subiu 37% entre 2009 e 2011, informam Érica Fraga e Paulo Muzzolon em reportagem na Folha desta segunda-feira.

A íntegra está disponível para assinantes do jornal e do UOL (empresa controlada pelo Grupo Folha, que edita a Folha).

O valor saltou de R$ 850 milhões para R$ 1,16 bilhão, segundo projeção do Ministério da Previdência Social.

"É um custo crescente que causa preocupação. Com o número maior de veículos nos grandes centros urbanos, o deslocamento dos trabalhadores virou um inferno", afirma Remígio Todeschini, diretor de saúde ocupacional do Ministério.

As empresas também amargam gastos em decorrência do maior número de acidentes de trajeto. A explosão na venda de motos e de carros e o trânsito mais intenso, principalmente nas grandes cidades, têm contribuído para o aumento desses acidentes: 173,2% entre 1996 e 2010.

Fonte: Folha / Uol - 9/1/2012

Voltar

Leia também

CAFÉ: De olho nos estoques certificados e na chuva no Brasil, arábica abre estendendo ganhos

ELEIÇÕES: Urnas eletrônicas passam por auditoria

COMÉRCIO EXTERIOR: Correção aduaneira sobre importação por pessoa física é avanço, dizem especialistas

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site, de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.