Clima e Previsão do Tempo
Santos, SP/

22/06/2011

Concluída a perfuração do primeiro poço horizontal na acumulação de Waikiki

Rio de Janeiro - A OGX, empresa brasileira de óleo e gás natural responsável pela maior campanha exploratória privada no Brasil, concluiu a perfuração do poço horizontal 9-OGX-44HP-RJS (Waikiki Horizontal) e, por meio de um teste de formação, identificou excelentes condições de produtividade. Este resultado confirmou as expectativas iniciais em relação à acumulação de Waikiki e ofereceu elementos ainda mais concretos para o desenvolvimento dessa área. Este poço está localizado no bloco BM-C-39, na Bacia de Campos, e deverá fazer parte do segundo projeto de produção da OGX nessa bacia.

"As informações obtidas através desse poço confirmam nossas expectativas de uma excelente produtividade para esta área na Bacia de Campos, e vão acelerar o processo de declaração de comercialidade dessa acumulação, além de assegurar a plena execução de nosso plano de negócios", comentou Paulo Mendonça, diretor geral e de exploração da OGX.

A perfuração do poço horizontal 9-OGX-44HP-RJS seguiu o mesmo conceito já utilizado anteriormente pela Companhia e contemplou a perfuração de um poço direcional (OGX-41D) de 2.340 metros de profundidade pelo qual foi possível entrar horizontalmente no reservatório, por 1.063 metros de extensão horizontal em reservatórios carbonáticos da seção albocenomaniana da acumulação de Waikiki, que foi originalmente descoberta pelo poço 1-OGX-25-RJS em 8 de dezembro de 2010.

Na sequência à conclusão da perfuração, foi realizado um teste de formação a poço revestido, que confirmou o potencial produtivo de 40.000 barris por dia de óleo de aproximadamente 23° API. Nos testes realizados nas acumulações de Peró e Ingá, no bloco BM-C-40, bloco adjacente ao BM-C-39, o óleo descoberto é de 26° a 28° API, evidenciando, aqui, uma província de óleos mais leves que nos blocos mais ao sul. Um processo de acidificação seletiva, tecnologia idêntica a usada com grande sucesso em Waimea (OGX-26HP), foi utilizado nos oito intervalos de completação do poço, permitindo uma melhor estimulação dos 1.063 metros de extensão horizontal do poço, visando à maximização de vazão de óleo.

Devido à homogeneidade e qualidade do reservatório de calcário presente nessa região, teremos uma drenagem bastante eficiente com poços produtores limitados a uma vazão de 15 a 20 mil barris por dia de óleo, conforme divulgado em nosso plano de negócios, visando a otimização da recuperação de óleo.

Perfil da OGX- Focada na exploração e produção de óleo e gás natural, a OGX Petróleo e Gás SA é responsável pela maior campanha exploratória privada no Brasil.

A OGX possui um portfólio diversificado e de alto potencial, composto por 29 blocos exploratórios no Brasil, nas bacias de Campos, Santos, Espírito Santo, Pará-Maranhão e Parnaíba e 5 blocos exploratórios na Colômbia, nas bacias de Cesar-Ranchería, Vale Inferior do Madalena e Vale do Médio Madalena.

A área total de extensão dos blocos é de 7.000 km² em mar e cerca de 34.000 km² em terra, sendo 21.500 km² no Brasil e 12.500 km² na Colômbia. Além de contar com um time de profissionais altamente qualificados, a companhia possui sólida posição financeira, com cerca de US$3,4 bilhões para investimentos em exploração, produção e novos negócios.

Em junho de 2008, a empresa captou recursos na ordem de R$ 6,7 bilhões em sua oferta pública de ações, no maior IPO primário da história da Bovespa até então.

A OGX é parte do Grupo EBX, conglomerado industrial fundado e liderado pelo empresário brasileiro Eike Batista, que possui um comprovado histórico de sucesso no desenvolvimento de novos empreendimentos nos setores de recursos naturais e infraestrutura. [www.ogx.com.br].

Fonte: Revista Fator - 21/6/2011
Voltar

Leia também

Programa ACS na TV: Prof. Dr. Édison Monteiro, Diretor Regional da UNIP Santos

CAFÉ: Café/Cepea: Janeiro é marcado por alta de preços e reaquecimento do mercado doméstico

MUNDO: Economia global desacelera em 2024

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site, de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.