Clima e Previsão do Tempo
Santos, SP/

11/03/2011

Chuvas afetam soja mas a previsão é de safra recorde

Renê Gardim - PB

São Paulo - As chuvas contínuas que caem desde o final de fevereiro no Mato Grosso do Sul, quinto maior produtor de soja do País, afetaram cerca de 80% da área cultivada com o produto no estado, de acordo com estimativa inicial da associação que reúne os produtores. A safra, que poderia ser uma das melhores do estado, agora vai ter perda de produtividade e qualidade (dos grãos), segundo a Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso do Sul (Famasul). Em valores, os prejuízos podem chegar a R$ 1,5 bilhão.

Mesmo com essas perdas, a Conab e o IBGE divulgaram ontem previsões de recordes da produção de grãos nesta safra. Para a Conab, o Brasil deve colher 154,2 milhões de toneladas de grãos. Os números são do sexto levantamento da safra 2010/2011, realizado pela instituição e divulgado ontem. Confirmadas as projeções, elas representam um novo recorde, com um aumento de 3,4% ou cerca de 5 milhões de toneladas a mais que em 2009/2010, que teve uma safra de 149,2 milhões de toneladas. Com relação ao último levantamento, realizado em fevereiro, a previsão cresceu 0,7% ou o equivalente a 1,1 milhão de toneladas. A área cultivada também cresceu, com um aumento de 3,1%, atingindo 48,9 milhões de hectares.

Também ontem, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) informou que o Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA) de fevereiro projeta uma safra de 151,2 milhões de toneladas em 2011, num aumento de 3% ante o levantamento de janeiro. Se confirmada, a safra será 1,2% superior à do ano passado, quando atingiu 149,5 milhões de toneladas.

Fonte: DCI - 11/3/2011
Voltar

Leia também

ECONOMIA: Riscos aumentam, mas cenário para o agro até 2032 segue favorável

PORTO: Empregados da SPA aprovam acordo e encerram greve

CAFÉ: Lavouras brasileiras de café devem render R$ 63 bi no atual ciclo, projeta Embrapa

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site, de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.