Clima e Previsão do Tempo
Santos, SP/

04/07/2011

Associação Comercial de Santos inicia Curso de Café com 10 japoneses, 2 espanhóis, 3 portugueses, 1 brasileiro-canadense e 5 brasileiros

Associação Comercial de Santos inicia Curso de Café com 10 japoneses, 2 espanhóis, 3 portugueses, 1 brasileiro-canadense e 5 brasileiros

A Associação Comercial de Santos (ACS) começou, na manhã desta segunda-feira, 4 de julho de 2011, o 48.º Curso Internacional de Classificação e Degustação de Café, com a participação de 10 japoneses, 2 espanhóis, 3 portugueses, 1 brasileiro-canadense e 5 brasileiros.

A abertura do curso ocorreu no Auditório da ACS, na Rua XV de Novembro, 137 - 1.º andar, Centro Histórico.

O diretor Ronaldo Taboada, 1.º secretário da Associação Comercial de Santos, o coordenador da Câmara Setorial de Exportadores de Café da ACS, John Olav Wolthers, e o diretor executivo da ACS, Marcio Calves, estiveram presentes na abertura.

Nilton da Silva Pinto, que já coordenou o Curso de Café em ocasiões anteriores, também estava presente.

O curso é orientado pelos professores Davi Antonio Pinto Teixeira e Nilton Ribeiro, profissionais com ampla experiência na atividade cafeeira.

As aulas têm tradução simultânea do português para o japonês e prosseguirão até 28 de julho, das 8 às 10 horas, na Sala de Classificação e Prova de Café da ACS, na Rua XV de Novembro, 137 – 3.º andar, Centro Histórico.

Fazenda de café

O programa do curso inclui ainda visita a um terminal de exportação de café no Porto de Santos e a uma fazenda de café.

No 48.º Curso de Classificação de Café da Associação Comercial, a visita será à fazenda Cambuhy, em Matão, a 370 quilômetros de Santos. A Cambuhy tem mais de 700 funcionários.

Em 1924, a companhia inglesa Brasil Warrant comprou as Fazendas do Cambuhy, propriedade de 57 mil hectares, área quatro vezes maior que a atual. Tornou-se a maior plantação de café do mundo, administrada por profissionais que vieram de Londres.

Em 1958, Walter Moreira Salles assumiu o controle e nacionalizou a Brasil Warrant, mantendo o nome da empresa. Dos 14 mil hectares atuais, 3.500 correspondem a reservas florestais, incluindo mata nativa de 1.900 hectares. As demais terras são aproveitáveis, ocupadas pelas culturas de laranja, café e seringueira. Mais informações no site www.cambuhy.com

O curso

O Curso de Classificação de Café da ACS começou em 1989, para formar profissionais capazes de identificar as características do produto, atender às exigências do mercado e criar oportunidades de negócios. Desde então, mais de 700 alunos já foram habilitados técnicos.

Além de despertar o interesse de alunos de várias partes do Brasil, o curso da ACS é reconhecido também pelos principais países consumidores. No mês de julho de cada ano, japoneses que atuam em empresas relacionadas à indústria do café vêm a Santos especialmente para o curso da Associação Comercial.

O curso tem edições em março, maio, julho, setembro e novembro.

São duas horas diárias durante quatro semanas de aprendizagem teórica e prática sobre a história do café, produção, armazenagem, aspectos econômicos nacionais e internacionais, legislação, tecnologia, fiscalização, identificação de grãos, prova de bebida e desenvolvimento de blends.

As aulas teóricas são ministradas na Sala de Classificação e Prova de Café da Associação Comercial de Santos. Palestras ministradas por especialistas complementam as aulas.

Para participar é necessário ter 18 anos de idade, cópia do diploma ou certificado de conclusão do Ensino Médio ou equivalente, atestado de sanidade bucal emitido por profissional habilitado e cópia da carteira de identidade (RG) ou passaporte.

Ao final, os alunos com frequência mínima de 80% e com bom desempenho nas aulas recebem certificado e carteira de classificador, além de uma colher de prova de café.

Mais informações podem ser obtidas na Associação Comercial de Santos, pelo telefone (13) 3212-8200, ramal 220, e-mail: acs@acs.org.br

Alunos do 48.º Curso de Café

Japão
Satoshi Nakaya, da Mitsui Alimentos
Daysuke Kakinoki, da Eisa
Koji Yakame e Satoshi Tonohara, da MC Coffee
Tsutomu Akasaka e Yasuhiro Shimoda, da UCC
Teruya Miyai e Eriko Kikura, da Ishitrading
Kosuke Koide e Atsushi Kawakami, da Kasho

Espanha
Alfonso Ocaña Gonzalez
Elena Granell, da Coprotrade

Portugal
Ivan Nabeiro Crato, Luís Lorena e Lia do Carmo Velhinho Fitas, da Coprotrade

Brasil/Canadá
João César Leão

Brasil
Mayara Nascimento Fontes, do Escritório Carvalhaes
Luana Camila Figueiredo de Almeida, do Porto de Santos
Rodrigo Ésper de Pádua
Willian de Oliveira Santos, da BM&F Bovespa
Alex Caito Duarte Pereira, da Volcafé

Confira mais informações sobre o curso

2011-07-04-cafe-02

2011-07-04-cafe-03

2011-07-04-cafe-04

2011-07-04-cafe-05

2011-07-04-cafe-06

2011-07-04-cafe-07

2011-07-04-cafe-08

2011-07-04-cafe-09

2011-07-04-cafe-10

2011-07-04-cafe-11

2011-07-04-cafe-12

2011-07-04-cafe-14

2011-07-04-cafe-15

2011-07-04-cafe-16

2011-07-04-cafe-17

2011-07-04-cafe-18

2011-07-04-cafe-19

2011-07-04-cafe-20

2011-07-04-cafe-21

2011-07-04-cafe-22

2011-07-04-cafe-23

2011-07-04-cafe-24

2011-07-04-cafe-25

2011-07-04-cafe-26

2011-07-04-cafe-28

2011-07-04-cafe-27

2011-07-04-cafe-29

2011-07-04-cafe-30

2011-07-04-cafe-31

2011-07-04-cafe-32

 

2011-07-04-cafe-33

2011-07-04-cafe-34

2011-07-04-cafe-36

Voltar

Leia também

Santos abre escritório de programas para incentivar o desenvolvimento e novos negócios no Centro, A TRIBUNA, 26/01/2023

Santos dedica medalha José Bonifácio a ex-prefeitos, DIÁRIO DO LITORAL, 26/01/2023

Santos dedica Medalha José Bonifácio a ex-prefeitos, COSTA NORTE, 26/01/2023

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site, de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.