Clima e Previsão do Tempo
Santos, SP/

21/10/2022

Análise do mercado global de trabalho e acadêmico marcam o segundo dia do II Seminário Internacional Universidade Empresa

Fonte: Assessoria ACS

Nesta quinta-feira (20), o II Seminário Internacional Universidade — Empresa da Baixada Santista abrilhantou a Associação Comercial de Santos com painéis e discussões sobre os principais dilemas do mercado de trabalho.

Com o tema, "Talentos para a próxima década: Competências e perspectivas de empresas nos países e nos segmentos econômicos", o segundo dia do evento foi marcado por diversas palestras com representantes de oito países, de três continentes.

De forma híbrida, os palestrantes internacionais convidados falaram, diretamente de seus países, sobre os desafios do mercado global - acadêmico e profissional.

Pela manhã, a ACS foi contemplada com a discussão de temas variados, como: análise dos desafios educacionais pelo mundo, competitividade no mercado de trabalho internacional, desenvolvimento de competências no cenário corporativo, investimento na educação e a falta de mão de obra qualificada.

Desafios e soluções para o futuro

Na parte da tarde, foram feitas diversas análises, dessa vez, pela percepção dos segmentos empresariais como: indústria, finanças, startups, tecnologia, porto, logística, saúde e commodities, que contou com a presença de representantes de grandes empresas dos respectivos setores.

Entre os palestrantes, o economista e sócio da Messem Investimentos credenciada à XP, Leonardo Costa, que também deu dicas sobre profissionalização no mercado de trabalho. "Entender quais são as próprias deficiências profissionais, é de extrema importância, assim, podemos aperfeiçoar e nos desafiar", explicou o palestrante.

Outro destaque do painel de palestras foi a apresentação de Joaquín Guerra, vice-reitor Acadêmico e de Inovação Educacional do Instituto Tecnológico de Monterrey, que abordou a importância do uso da tecnologia como ferramenta de ensino.

Ao todo, dezesseis palestrantes conduziram os assuntos ao longo do segundo dia de seminário, oferecendo aos participantes muito aprendizado e reflexões.

O jovem Victor Hugo, estudante do curso de Comércio Exterior, relatou a satisfação e a oportunidade de participar do evento. "Tenho certeza que todo o conhecimento adquirido nesse seminário vai me ajudar muito na carreira profissional. Além disso, as palestras também abordaram diversos temas voltados para a minha área de estudos", enfatizou o estudante.

Banco de talentos

Paralelo ao evento, os jovens universitários da região tiveram a oportunidade de participar de um grande "Banco de Talentos”, onde membros da ABRH-SP Baixada Santista e do SEBRAE avaliaram suas habilidades de comunicação interpessoal, liderança e soft skill através de dinâmicas em grupo.

Um dos participantes foi o estudante de Engenharia Civil, Luis Pereira, que pela primeira vez realizou uma dinâmica de grupo organizacional de forma presencial. "Foi uma ótima experiência para minha carreira profissional, aprendi a lidar com desafios e o melhor, fiz networking com outros estudantes, foi muito gratificante", disse o estudante.

Paulo Queija, diretor regional da ABRH-SP Baixada Santista, explicou sobre a importância das dinâmicas de grupo no processo seletivo. "As pessoas que desejam ingressar no mercado de trabalho devem entender que as dinâmicas de grupo são importantes no processo. Aconselho os jovens a trabalhar a boa comunicação e a explorar as relações pessoais de forma presencial", comentou Paulo Queija.

Voltar

Leia também

Paulo Corrêa Jr é o primeiro convidado do ciclo de encontros com os parlamentares eleitos pela região

Programa ACS na TV: Sérgio Fernandes Marques, Diretor Jurídico da Associação Comercial de Santos

CAFÉ: Preocupação com demanda persiste e café abre 6ª feira com desvalorização

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site, de acordo com a nossa Política de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com estas condições.