Impostômetro vai registrar hoje a marca de R$ 1 trilhão

Fonte: A Tribuna / 27/8/2013

Neste ano, cada brasileiro desembolsou R$ 5.117,86 em impostos; ICMS ainda lidera

O Impostômetro da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) vai registrar hoje, por volta de 12h20, R$ 1 trilhão em impostos, taxas e contribuições federais, estaduais e municipais pagos por todos os brasileiros desde 1º de janeiro deste ano.

E para que os cidadãos se conscientizem dessa alta carga tributária e cobrem serviços públicos de qualidade, o Movimento das Associações Comerciais (ACs) vai fazer uma mobilização em frente ao painel do Impostômetro, na Rua Boa Vista, 51, na Capital, a partir das 10h30.

Será distribuído um estudo completo do Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT) sobre os impostos arrecadados. O IBPT é parceiro da ACSP e seus dados abastecem o Impostômetro.

Em 2012, o valor de R$ 1trilhão foi alcançado no dia 29 de agosto, o que revela aumento da carga tributária de um ano para outro. Este é o sexto ano consecutivo que o Impostômetro chega a esta marca. No último dia de 2013, ele deverá registrar R$ 1,62 trilhão.

“A carga é muito alta, mesmo com todas as desonerações, com a queda da atividade econômica.Esperávamos queesse valor fosse alcançado um pouco depois do que esta data”, avalia o presidente da ACSP e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), Rogério Amato. Para ele, são necessárias mudanças. “Isso chegou no limite do tolerável. As demandas estão aí, as ruas mostraram isso. É preciso fazer gestão, simplificar, tirar esse peso enorme e transferir isso para bons serviços, bom atendimento”.

ICMS

Do R$ 1 trilhão, o tributo de maior arrecadação é o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), com 20,66% do total, seguido da contribuição previdenciária para o INSS com 18,02%, do Imposto de Renda com 17,17% e da Cofins com 10,84%.

A média de arrecadação diária totaliza R$ 4,72 bilhões, sendo que por segundo é arrecadado o valor de R$54.633,48.

Até hoje, cada brasileiro já terá pago R$ 5.117,86 em tributos. Até o final do ano, cada brasileiro terá desembolsado aproximadamente R$8.202,00.

A Região Sudeste concentra 63,52% de toda a arrecadação, seguida da Região Sul com 13,41%, Centro-Oeste com 10,61%, Nordeste com 9,07%,eNortecom3,39%.

                                       





Rua XV de Novembro, 137 - Centro Histórico, Santos / SP - CEP: 11010-151
E-mail: acs@acs.org.br - Telefone: (13) 3212-8200 - Fax: (13) 3212-8201

desenvolvido por marcasite