Condesan inicia diagnóstico de planejamento para o futuro de Santos

Fonte; Departamento de Comunicação da ACS

Os grupos de trabalho  criados para a implantação do Conselho de Desenvolvimento Econômico de Santos (Condesan) receberam, na manhã desta segunda-feira (27),as primeiras orientações para que o diagnóstico do planejamento do futuro de Santos seja  traçado.

Cerca de 90 pessoas, entre empresários, líderes comunitários, representantes de universidades, Prefeitura e do setor produtivo, durante um workshop, conheceram o cronograma estabelecido pelo ex-prefeito de Maringá, Silvio Barros, e pela executiva Márcia Santin. Estes profissionais foram contratados pela Associação Comercial de Santos (ACS), a Assecob, a Unisantos e o SinHores, para assessorar a efetiva implantação do Condesan.

Para o presidente da ACS, Mauro Sammarco, esse encontro foi uma etapa importante do trabalho para o desenvolvimento da Cidade.  “Com a ajuda de associações, sindicatos e representantes dos mais variados setores, incluindo universidades e a Prefeitura, definimos nove temas e tivemos indicações de pessoas que são destaques nessas áreas e que podem nos ajudar no planejamento do Conselho. A grande adesão foi uma clara demonstração da vontade de participação da sociedade civil. Com essa união, com certeza o Condesan dará uma grande contribuição para o futuro de Santos”. 

Saúde, Educação, Planejamento Urbano, Desenvolvimento Econômico, Turismo e Eventos, Social e Segurança, Inovação e  Ambiental foram os temas escolhidos.  Cada grupo terá um coordenador que será responsável  em repassar à Associação Comercial de Santos e aos assessores do Condesan as sugestões e diagnósticos levantados em conjunto.

O primeiro desafio lançado  por Sílvio Barros é para que cada membro do grupo responda as perguntas:  “Quais são os cinco principais desafios ou problemas que precisamos superar na temática do grupo para que a Santos do Futuro seja a cidade que queremos?  E quais são as cinco oportunidades que poderão ajudar a viabilizar a Santos do futuro  que queremos, que não podem ser perdidas? ”.

Os coordenadores dos grupos terão dois dias úteis para cruzarem as informações e repassar aos assessores do Condesan.  

De acordo com Silvio Barros, a ideia é traçar um diagnóstico e apresentá-los aos candidatos à Prefeitura de Santos, para que na próxima gestão (2021-2024),  a Sociedade Organizada de Santos já apresente sugestões, recomendações, propostas e metas para que a cidade seja aquilo que deseja em 2040.

Condesan

O Conselho, lançado em dezembro do ano passado, evoluiu rapidamente, principalmente, neste mês de julho. Numa parceria com a Unisantos, Assecob e SinHores, a assessoria do ex-prefeito de Maringá foi contratada no início do mês.  Tal projeto transformou a cidade do Paraná e virou um case de sucesso. Vários municípios do Brasil estão desenvolvendo a iniciativa.

A exemplo do que ocorreu na cidade paranaense e dentro do perfil que norteou a proposta inicial em Maringá, a partir do resultado dos grupos de trabalho, as propostas e planejamento de longo prazo serão apresentados individualmente aos candidatos a prefeito, colaborando com as plataformas de campanha e até assegurando compromissos formais com a sociedade de futura execução.

 

> Confira o workshop


> Confira os grupos e os participantes:

Desenvolvimento Econômico

Coordenador:
André Canoilas
Adilson Luiz Gonçalves
André Canoilas
Elber Justo
Guilherme Apparicio
Heitor Gonzalez
João Alfredo Carvalho Rodrigues Gonçalves
João T. Salgado
José Eduardo Lopes
Larissa Forjanes
Luiz Alberto Levy Junior
Marcos Santini
Mariângela Mendes Lomba Pinho
Omar Assaf
Paulo Mendes
Petrobras
Roberto Santini
Sérgio Aquino

 

Educação


Coordenador:
Alexandre Saul Pinto – Unisantos

Adalto Correa
André Luiz Losada
Aureo Figueiredo
Cristiane Simões Gameiro Guedes
Edison Monteiro
Frederico Cidral
Marcos Medina
Paulo Roberto B. Vibiam
Pedro Smolka
Priscylla Krone de Godói
Rogério Salles
Rosângela Ballego Campanhã
Roseneide Fassina
Sílvia Teixeira

Gestão Pública

Coordenador: Frederico Daguer Abdalla

Adilelson Fagundes Pereira
Adriano Leocádio
Ademar Salgosa
Alcindo Fernandes Gonçalves
Domingos Nini
José Marcelo
Marcus Mingoni
Rogério Conde

Inovação

Coordenador:
Alexandre Ehrenberger

Angelino Caputo
Claudia Maria Sodero Salles
Jose Rezende
Adriana Florentino de Souza
Bianca Bastos Marsaioli
Fábio Figueiredo
Guilherme Susteras
Larissa Forjanes
Leonardo Delfino
Marcos Medina
Patrícia Ovalle
Pedro Veras
Renato Alonso
Vander Serra de Abreu
Caio Brasil

Meio Ambiente

Coordenador:
Marcos Antonio Veiga de Campos

Cleber Ferrão Corrêa
Jhonnes Alberto Vaz
Mauricio Bernardo Gaspar Filho
Pierre Sarmento Seone
Rodolfo Nicastro

Planejamento Urbano

Coordenador:
Gustavo Zagatto

Claudio Abdala
Débora Blanco Bastos Dias
Eliana Mattar
Fernanda Meneghello
Frederico da Costa Marins
João Papa
José Marques Carriço
Manoel Tavares
Maria Fernanda Brito Neves

Saúde

Coordenador:
Marcelo Noronha

Carolina Luisa Alves Barbieri
Claudino Guerra
Denis Valejo Carvalho
Flávia Henriques – Unisantos
Luiz Colombo Barbosa
Luzana Mackevicius Bernardes
Marcelo Romiti
Ricardo Hayden
Ariovaldo Feliciano

Social e Segurança

Coordenador :
Ronaldo Taboada

Aurélio dos Santos
Daniel Passos Proença
Débora Marques
Juliana Buck
Maria Izabel Calil Stamato
Renata Soares Bonavides

Turismo e Eventos


Coordenador:
Leonardo Carvalho

Alessandra Almeida
Camila Euzébio
Cesar Bargo Perez
Edison Fontes
Felipe Cidral
Frederico Pires
Leonardo Carvalho
Marcelo Eduardo Losada Saraiva
Marcus Antonio Gaspar Augusto 
Mario Cesar Rebello
Michele Leiko Uemura
Sueli Martinez





 






Os grupos de trabalho  criados para a implantação do Conselho de Desenvolvimento Econômico de Santos (Condesan) receberam, na manhã desta segunda-feira (27),as primeiras orientações para que o diagnóstico do planejamento do futuro de Santos seja  traçado.


Cerca de 90 pessoas, entre empresários, líderes comunitários, representantes de universidades, Prefeitura e do setor produtivo, durante um workshop, conheceram o cronograma estabelecido pelo ex-prefeito de Maringá, Silvio Barros, e pela executiva Márcia Santin. Estes profissionais foram contratados pela Associação Comercial de Santos (ACS), a Assecob, a Unisantos e o SinHores, para assessorar a efetiva implantação do Condesan.


Para o presidente da ACS, Mauro Sammarco, esse encontro foi uma etapa importante do trabalho para o desenvolvimento da Cidade.  “Com a ajuda de associações, sindicatos e representantes dos mais variados setores, incluindo universidades e a Prefeitura, definimos nove temas e tivemos indicações de pessoas que são destaques nessas áreas e que podem nos ajudar no planejamento do Conselho. A grande adesão foi uma clara demonstração da vontade de participação da sociedade civil. Com essa união, com certeza o Condesan dará uma grande contribuição para o futuro de Santos”. 


Saúde, Educação, Planejamento Urbano, Desenvolvimento Econômico, Turismo e Eventos, Social e Segurança, Inovação e  Ambiental foram os temas escolhidos.  Cada grupo terá um coordenador que será responsável  em repassar à Associação Comercial de Santos e aos assessores do Condesan as sugestões e diagnósticos levantados em conjunto.


O primeiro desafio lançado  por Sílvio Barros é para que cada membro do grupo responda as perguntas:  “Quais são os cinco principais desafios ou problemas que precisamos superar na temática do grupo para que a Santos do Futuro seja a cidade que queremos?  E quais são as cinco oportunidades que poderão ajudar a viabilizar a Santos do futuro  que queremos, que não podem ser perdidas? ”.

Os coordenadores dos grupos terão dois dias úteis para cruzarem as informações e repassar aos assessores do Condesan.  


De acordo com Silvio Barros, a ideia é traçar um diagnóstico e apresentá-los aos candidatos à Prefeitura de Santos, para que na próxima gestão (2021-2024),  a Sociedade Organizada de Santos já apresente sugestões, recomendações, propostas e metas para que a cidade seja aquilo que deseja em 2040.


Condesan

 

O Conselho, lançado em dezembro do ano passado, evoluiu rapidamente, principalmente, neste mês de julho. Numa parceria com a Unisantos, Assecob e SinHores, a assessoria do ex-prefeito de Maringá foi contratada no início do mês.  Tal projeto transformou a cidade do Paraná e virou um case de sucesso. Vários municípios do Brasil estão desenvolvendo a iniciativa.

 

A exemplo do que ocorreu na cidade paranaense e dentro do perfil que norteou a proposta inicial em Maringá, a partir do resultado dos grupos de trabalho, as propostas e planejamento de longo prazo serão apresentados individualmente aos candidatos a prefeito, colaborando com as plataformas de campanha e até assegurando compromissos formais com a sociedade de futura execução.

>  Confira o workshop

                                       





Rua XV de Novembro, 137 - Centro Histórico, Santos / SP - CEP: 11010-151
E-mail: acs@acs.org.br - Telefone: (13) 3212-8200 - Fax: (13) 3212-8201

desenvolvido por marcasite