Entidades empresariais ligadas ao Porto se reúnem e decidem pedir reunião com o Prefeito de Santos para negociar aumento do ISS

O presidente da ACS, Roberto Clemente Santini, participou do encontro

Fonte: Assessoria de Imprensa ACS

Representantes de 11 entidades ligadas ao Porto de Santos, entre eles Roberto Clemente Santini, presidente da Associação Comercial de Santos (ACS), se reuniram nesta terça-feira (5) no Sopesp (Sindicato dos Operadores Portuários do Estado de São Paulo) e decidiram pedir uma reunião com o prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa, para tentar negociar o aumento do ISS. Dois projetos de lei, propostos pelas prefeituras de Santos e Guarujá, pedem o reajuste do ISS apenas para atividades portuárias, de 3% para 5%.

Também estavam presentes representantes da ABTP (Associação Brasileira dos Terminais Portuários), AMA, ABTRA (Associação Brasileira de Terminais e Recintos Alfandegados), ABTTC (Associação Brasileira dos Terminais Retroportuários e das Transportadoras de Contêineres), CIESP (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo), ABTL (Associação Brasileira de Terminais de Líquidos), ABRATEC (Associação Brasileira dos Terminais de Contêineres de Uso Público), FIESP (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo) e FENOP (Federação Nacional dos Operadores Portuários).

O Sopesp, que representa o segmento empresarial dos operadores portuários, organizou a reunião, para que as entidades pudessem tomar um posicionamento único, conforme explicou o diretor-executivo do Sopesp, José dos Santos Martins.

“Considerando que a maioria das categorias se colocou contra o aumento, em função do impacto que ele causará em seus custos logísticos e operacionais, resolvemos nos reunir e ficou definido que vamos pedir essa reunião com o Prefeito, para tentarmos uma negociação. O Sopesp já encaminhou um ofício ao Prefeito, pedindo a abertura dessa negociação, e tenho certeza que o pedido será bem aceito por ele”.

Segundo Martins, um comitê foi criado para esse encontro com o prefeito. “Cinco segmentos irão participar desse comitê, mas os nomes só serão divulgados posteriormente. A previsão é que a reunião ocorra nesta quarta (6) ou quinta-feira (7)”.

Por fim, ele ressaltou que, se aprovado, o aumento do ISS causará um impacto em toda cadeia logística nacional. “Todo produto exportado e importado sofrerá esse impacto nos seus custos logísticos e isso será repassado para a comunidade como um todo. É uma preocupação do nosso segmento a fuga de cargas para outros portos e, ao perder carga, abre-se a possibilidade de perdermos renda”.

Martins acredita que, antes que a votação do projeto de lei ocorra na Câmara Municipal de Santos, “as entidades já tenham conseguido chegar a um acordo com o Prefeito”.

                                       





Rua XV de Novembro, 137 - Centro Histórico, Santos / SP - CEP: 11010-151
E-mail: acs@acs.org.br - Telefone: (13) 3212-8200 - Fax: (13) 3212-8201

desenvolvido por marcasite