Encontro com empresários da ACS - Senadora Marta Suplicy promete tentar agendar visita de presidente da Petrobras a Santos e a entregar pauta com reivindicações relacionadas ao Porto a ministro

Fonte: Assessoria de imprensa ACS

Após pedido da diretoria da Associação Comercial de Santos (ACS), durante o encontro com a senadora Marta Suplicy nesta sexta-feira (12), promovido pela ACS e pelo Grupo A Tribuna, a parlamentar se comprometeu a tentar viabilizar uma visita do presidente da Petrobras, Pedro Parente, a Santos e também a entregar uma pauta com reivindicações feitas por empresários e pelas lideranças do setor portuário ao ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintela.

O evento ocorreu no auditório da TV Tribuna, onde estiveram presentes diretores da ACS, empresários de diferentes setores, representantes das associações comerciais da Baixada Santista e o prefeito Paulo Alexandre Barbosa.

A ideia do agendamento de uma visita do presidente da Petrobras a Santos surgiu da própria senadora, após o presidente da ACS, Roberto Clemente Santini, e diretores explicarem a ela a importância da implantação de uma base offshore na Baixada Santista, não só para Santos, mas para toda a região.

“Nosso grande anseio é a implantação dessa base, que seria um terminal para levar suprimentos e equipamentos para as plataformas de petróleo. Levantamos com diretores da Petrobras que maioria dos produtos que abastecem essas plataformas vem do Estado de São Paulo. Então, seria muito mais lógico que eles saíssem daqui”, disse Roberto Clemente Santini.

O vice-presidente da ACS, Vicente do Valle, falou sobre o estudo que está sendo desenvolvido pela consultoria Geobrasilis sobre a implantação da base offshore na região.

“Estamos fazendo esse trabalho de forma que a Petrobras não seja a responsável por viabilizar essa base. Nosso estudo mostra que a iniciativa privada poderá propor uma solução de mercado para realizar o projeto. Do Governo Federal, precisamos que ele nos ajude apenas a fomentar a possibilidade da implantação dessa base”.

Em resposta, Marta Suplicy disse que o ideal seria agendar um encontro com o presidente da Petrobras, Pedro Parente. “Acho conveniente que a gente faça um grupo para encaminhar nossas preocupações a ele. Ou melhor, um convite para que ele venha a Santos. O presidente da Petrobras é uma pessoa acessível e provavelmente essas demandas chegam aos borbotões. E, quando a gente chega com uma coisa mais clara e mais planejada, a pessoa se sente mais ambientada com o que está acontecendo”.

Porto

Diretores da ACS e empresários também apresentaram à senadora questões relacionadas ao Porto de Santos, como a necessidade de novos acessos terrestres à Cidade e ao complexo portuário, a dragagem e pátios reguladores para que os caminhões possam estacionar enquanto aguardam a liberação de acesso aos terminais, o que diminuiria os congestionamentos nas estradas na região.

Na sequência, o Prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa, propôs que fosse elaborada uma pauta de reivindicações para ser debatida durante uma audiência com o ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Maurício Quintela, sugestão prontamente aceita pela senadora.

“Acho que seria a melhor ideia, porque aí a gente colocaria todas as prioridades e depois a gente teria como acompanhar e cobrar. Farei com maior prazer”.

O diretor-executivo da ACS, Marcio Calves, sugeriu, inclusive, que essa pauta fosse inserida no contexto do Santos Export - Fórum Internacional para a Expansão do Porto de Santos, evento promovido anualmente pelo grupo A Tribuna, com apoio da ACS. A senadora concordou.

Educação e saúde

A primeira mulher a fazer parte da diretoria da ACS, Lucia Maria Teixeira falou sobre a importância dos programas do governo federal para financiamentos estudantis e ressaltou a necessidade de se ampliá-los. “Esses incentivos foram reduzidos. Então, peço sua contribuição para que a gente possa aumentar essas bolsas não só em Santos, mas em todo nosso Brasil”.

Ao final, o Prefeito de Santos, Paulo Alexandre Barbosa, falou sobre a situação da saúde na Cidade, que é referência regional e, por isso, acaba absorvendo demandas de municípios vizinhos o que, consequentemente, a sobrecarrega.

“Nosso pleito é ampliação do financiamento da saúde, para que a gente tenha esse faturamento do SUS por munícipe. Que a gente possa receber um adicional por esse atendimento dos munícipes de outras cidades, que a gente possa ter uma compensação para continuar promovendo esse atendimento”.

 

                                       





Rua XV de Novembro, 137 - Centro Histórico, Santos / SP - CEP: 11010-151
E-mail: acs@acs.org.br - Telefone: (13) 3212-8200 - Fax: (13) 3212-8201

desenvolvido por marcasite